Almuten figuris, O Anjo Guardião?

Sócrates disse que a natureza perfeita é o Sol do sábio e sua raiz é a luz. Ele lhe perguntaram “Qual é a natureza perfeita?” Ele respondeu: “A natureza perfeita é o espírito do filósofo, ou do sábio ligado ao planeta que lhe governa. Ele é o que abre as portas da compreensão, e é por ele que se entende o que não pode ser entendido de outra forma, e é a partir dele que procede o funcionamento da natureza, diretamente, tanto nos sonhos como no estado de vigília.

 

A natureza perfeita fortalece aquele que busca a sabedoria, o empreendimento de sua inteligência e sabedoria para permitir-lhe o sucesso mais facilmente em suas obras”.

A filosofia por trás deste princípio pode ser profunda e, no entanto, também é bastante simples. Este artigo é sobre uma técnica astrologia medieval conhecida como o Almuten figuris que significa literalmente o Vencedor. O vencedor é o planeta que tem mais dignidade em certos graus no mapa natal de uma pessoa, e a figura é simplesmente o gráfico em si.

Uma vez identificado no mapa de um indivíduo, o planeta que domina é a chave para o gráfico inteiro e desde que o gráfico é um mapa de sua vida, isso significa que este planeta também domina sua vida. Por este motivo é visto por alguns astrólogos como a ideia do Anjo da Guarda pessoal. É importante ressaltar, que esta é uma técnica tradicional da astrologia, e que é necessário conhecer todas as dignidades e debilidades tanto essenciais como acidentais, que na Astrologia Moderna não são muito utilizadas (além do domicílio e exaltação, também a triplicidade, termo e face), além do cálculo do temperamento e outros pontos.

O planeta mostra algo de sua natureza que “pode” estar alinhado com um hábito na vida que o impede de alcançar seu Eu superior e alcançar seus objetivos. Muitas vezes, esta parte de sua natureza o mantém fazendo as mesmas coisas, mais e mais, gastando todo o seu tempo e energia em algo que não te leva ao sucesso ou felicidade. Por exemplo, alguém que tenha o Almuten Figuris como Saturno, mas negligencia a organização, o  planejamento e a construções de bases sólidas e estáveis por meio da concentração. Neste caso muitos desafios da vida desta pessoa estão relacionadas à dificuldade em manter-se estável, concentrado e forte.

Muitas pessoas acreditam em guias espirituais e anjos, e alguns têm um conceito religioso do anjo da guarda e é reconfortante, às vezes, saber que alguém está olhando por você. Mas como você pode estar conectado diretamente à Fonte?

O princípio é bem simples. Se você conhece os assuntos do planeta ao qual está vinculado, o que ele pode causar em sua natureza e assim à sua vida, então pode-se começar a ter alguns insights, se aprofundar em seu autoconhecimento, sabedoria e iluminação no que diz respeito às condições que o cercam na vida, e seu papel no processo. Tendo alcançado esse nível de compreensão, é hora de “dar” o amor, seja ele qual for.

Porque, quando nossa melhor parte é energizada,  a alma é elevada á sua melhor natureza.

Uma vez que já passamos pelo processo de identificação e auto-observação, uma vez que tenhamos superado a necessidade, ou o amor de algo que mantém nossa alma aprisionada na menor vibração, é hora de levantar questões acima das terrenas e desenvolver sua perfeita natureza, a que ressoa com as vibrações do espírito, o Eu superior. Parece inconcebível que nós simplesmente tenhamos que identificar algo sobre a nossa natureza e desistir de falar diretamente com entidades que nos ‘protegem” externamente.

Todas as respostas que precisamos estão em nós, isso simplesmente significa que podemos nos abrir ao bom, bem e belo, e nos focarmos menos em coisas que roubam energia e influenciam nossa vibração. As mensagens passam a ser recebidas porque estão ligadas à fonte de inteligência infinita.

Isso não significa que se deve renunciar bens materiais, ou o conforto de qualquer forma. Mas o foco estará mais definido no Ser do que no Ter. É menos sobre o externo, e mais sobre estar verdadeiramente vivo. Se a riqueza material vem ao nosso caminho, então podemos aceitá-la com gratidão, usá-la para melhorar nossa vida e as vidas dos outros. Não é a riqueza ou  conforto que é o perigo, mas o mau uso dela.

Uma vez que a alma não é separada do corpo, as necessidades de cada corpo também não devem ser vistas como separadas. A alma precisa de alimento na vibração mais elevada, mas também deve existir em seu estado, enquanto as necessidades do corpo físico são tomadas de cuidados também. Este equilíbrio é da maior importância. A integração na vida não pode existir se não houver entendimento deste princípio. Deve haver a compreensão das coisas mentais, emocionais, físicas e espirituais. Existimos em vários níveis, e estes devem estar harmonizados.

Enfim, a identificação de seu Almuten Figuris pode ajudá-lo a se orientar no caminho escolhido por sua alma, e assim se alinhar ao que de melhor existe em você. É o conhecimento da natureza do planeta que o ajuda a se liberar de um fardo, que muitos podem associar ao termo carma. E ele estará presente em sua vida física, emocional e espiritual, influenciando na saúde, pensamento e emoções.

Related Posts

Leave Your Comment